06 julho 2016

Organizando uma festa pequena

Meu Aniversário de 26 anos
A pessoa aqui AMA organizar uma festa o/ Mas eu vejo que tem gente que não tem este costume e quando tem que organizar (um chá de bebê, de panela, etc) se perde um pouco. Não sou profissional, mas depois de organizar algumas e aprender na prática listei algumas dicas básicas:

1)      Faça sua lista de convidados e defina o lugar
Antes de pensar no resto todo você precisa saber quantas pessoas vai convidar para o seu evento e em qual local vai acomodá-los.

2)      Tema
Defina um tema para sua festa, ou pelo menos cores de referência e procure deixar tudo harmonioso o que torna mais bonito.


3)      Tipo de Comida
Parte mega importante, claro! Vai fazer alguma coisa? Vai comprar tudo?
Vai ser jantar, coquetel?
Almoços e jantares demandam pratos, talheres e mesas para acomodar todos.




4)      Convite
Convide com uma certa antecedência para as pessoas se programarem, eventos pequeno acho bacana com uma antecedência de 20 a 10 dias.
Aproveita a “modernidade” e pode enviar a maioria dos convites via whatsapp ou fazer um evento no Facebook.

5)      Interações
Pense em algo para as convidadas se interarem, se distraírem. Alguns eventos já pedem por brincadeiras no pacote.
E claro, música! Fica ruim aquele silêncio de fundo, deixa as pessoas até mais tímidas.


6)      Check List
Tenha uma lista de tudo o que você precisa providenciar e com o contato de todos os fornecedores. Perto da data do evento faça contato com todos os fornecedores novamente, confirmando todas as informações.

7)      Não acumule atividades para o dia do evento
Se o evento é seu, evite ao máximo deixar atividades para o dia do evento. Tudo o que puder fazer antes (decore um dia antes por exemplo) ou contar com a ajuda de alguém será muito melhor. No dia você precisa estar descansada, com tempo para se arrumar linda, nada de correria!


Coisas não tão legais que quase sempre acontecem:
·     Pessoas não vão! Algumas nem chegam a responder seu convite, outras respondem sem muitas explicações, outras confirmam e nem aparecem. 
Ou seja, não se sinta mal, é normal. As pessoas que se importam com você estarão lá ou te explicarão o motivo de não estar.

·         Sempre tem um imprevisto! Raro algo sair 100% como imaginou, então relaxa e curte.

Espero que seja útil e bora festar!

29 junho 2016

Série de super herói



Quem gosta de super herói levanta a mão o/

Apesar de não ler quadrinhos fui me apaixonando por super heróis através de filmes. Filmes estes que fizeram bastante sucesso e levaram heróis para outro universo: o das séries.
Super Herói + Série = Amor envolvido.


Hoje vou falar de três delas, mas se tiver outras para me indicar só colocar nos comentários, se tiver no Netflix ainda, perfect!

Arrow




O arqueiro verde, ou Arrow, é do universo D.C. (Batman, Superman etc). Oliver Queen é um jovem rico, um tanto quanto irresponsável que em uma viagem de barco ele acaba naufragando e dado como morto, mas volta alguns anos depois e assume a identidade secreta de arqueiro para se vingar das pessoas que fizeram mal a sua família e a cidade. Claro que ele ganha aliados e forma seu #TeamArrow.
Durante a série vamos descobrindo coisas sobre ele, e ele vai se descobrindo e evoluindo também. O clima é meio sombrio mas nada pesado.
Destaque aqui para Felicity, alívio cômico e coisitas mais (assista haha).
Atualmente terminou a 4ª temporada e a 5ª está garantida, das quais você pode assistir as 3 primeiras no Netflix.
Eu especialmente gostei mais das duas primeiras temporadas, aguardando a disponibilização da quarta.

Flash




Ele está inserido no mesmo “universo” de Arrow, tanto que ele fez uma pontinha na série do arqueiro antes de se tornar o Flash. Barry Allen teve sua mãe assassinada quando era criança e o pai foi preso pelo crime, mas ele insiste de que não foi o pai e quer provar isso. Um acidente, vamos dizer “nuclear” acaba afetando ele e ele recebe poderes de... correr muito rápido! 

O clima da série é mais descontraído, o #TeamFlash é divertido. Pontos dramáticos sim, porque todo mundo tem problemas meu povo!
A série tem duas temporadas com a terceira garantida, temporada 1 disponível no Netflix.
Eu e meu marido pegamos um carinho especial pela série (vide foto que abre este post) e chamamos o Barry de amigo já kkkkk


Agents of S.H.I.E.L.D




Essa é do universo Marvel, a S.H.I.E.L.D é a organização  do governo que junta os Vingadores. A série é sobre a organização sem o auxílio dos nossos heróis conhecidos, até porque tem agentes muito competentes para isso. Escalaram um ator que participou do filme como responsável da divisão dos agentes que acompanhamos na série.

E é aquilo, a gente vai criando um apego... tem ação, risadas, romance (ou não! Kk).
A série tem três temporadas e você pode assistir duas no Netflix também.



Beijos

22 junho 2016

Minhas músicas prediletas

Porque a gente ama falar das coisas que gostamos não? E quando se fala de música então! Hoje eu listei quatro entre as minhas músicas preferidas:

Dare you move – Swichtfoot
Esta música está na trilha sonora do filme Um Amor para Recordar (ouvia a trilha inteira e amava!), mas esta falou comigo de uma forma especial porque eu sou uma pessoa que tenho uma grande tendência a travar em situações inesperadas e o próprio nome da música já diz: Te desafio a se mexer



Quebrantado – Vineyard
Esta eu ouvia demais quando conheci Jesus, é a trilha sonora da minha paixão por Ele e descreve até agora muito bem nossa relacionamento: “Me atraiu e eu sem palavras me aproximo”.



Quando o mundo cai ao meu redor – Livres
Música de fundo do poço! Kkkk, brincadeiras a parte, esta música me traz esperança em dias mais complicados. Até agora é difícil eu não sentir um arrepio quando ouço “Segura em minhas mãos


Lost Stars – Adam Levine
Fala sobre sermos estrelas perdidas tentando iluminar a escuridão. É! Estamos na luta para isso. E assim, o Adam canta, mas canta que o ouvido agradece.



Som na caixa =P

20 junho 2016

Operação Madrinha Concluída o/

Primeiro perdão pela pouca quantidade de fotos, foi correria máster! Mas não queria deixar de registrar aqui o final da operação super concluída com sucesso.



Resultado final (que eu amei!)


Maquiagem: Schay de Paula
Quando saírem as fotos eu falo do casamento, que foi o mais emocionante que eu já fui!

16 junho 2016

5 Linguagens do Amor – Palavras de Afirmação

Vamos a 3ª Linguagem?

Palavras de Afirmação

Quem tem essa linguagem se sente amado quando houve elogios, pelo que ele é, pelo que ele fez. As palavras tem grande poder sobre os sentimentos dele, e ele precisa se sentir prestigiado através delas, incentivado.

A Lilian Priscila vai contar pra gente um pouco mais sobre:

1)    Cite situações em que se sente amada pelos amigos:

Bom, como minha linguagem de amor são Palavras de Afirmação, eu compreendo amor pelas palavras e transmito amor pelas palavras. Já que gosto muito de expressar o que sinto é fácil receber isso em troca com as amigas! Gosto de ressaltar qualidades e por muitas vezes espero isso também das pessoas. Procuro me comunicar com amor e me preocupo com uso das palavras.

2)    Cite situações em que se sente amada pelo seu marido:

Quem não gosta de receber um elogio?! Posso ter certeza que estou ótima, mas no fundo preciso de uma afirmação dele, aí fica completo. Gosto também quando ele percebe um trabalho meu, quando ele repara e admira coisas que eu fiz. Não gosto de bajulações ou palavras forçadas, mas me sinto bem quando recebo reconhecimento.

3)    Tem alguma situação referente a sua linguagem de amor que te marcou bastante? Que se sentiu muito amada?

Situações de encorajamento. Pra mim as palavras são como combustível, entusiasmo, incentivo, elas me impulsionam e me motivam a sair de algo que me colocava em um lugar de insegurança. Uma situação recente foi fazer um concurso que para mim seria muito difícil, eu já estava deixando de lado, mas, meu marido começou a me lembrar de tudo que eu já fiz e como fui bem a todas elas e afirmou várias vezes que ele tinha certeza que eu conseguiria. Vi como ele se importou em me ajudar e isso é amar também.

4)    Para você, como seria o dia ideal com seu marido?


Tudo fica melhor ao lado de quem te reconhece e te aprecia por coisas simples. Não foi fácil percebermos qual era a linguagem de amor um do outro, mas vemos o quanto isso tem nos ajudado agora. A linguagem de amor do meu marido é Tempo de Qualidade. Para ele se ficarmos em casa assistindo filme com uma pipoca, já está ótimo. Mas eu gosto de planejar preparar o dia com a comida que ele gosta, faço o pão que ele gosta, preparo a casa pra ele chegar. Se for pra sair também tento surpreender porque assim sei que ele vai amar o dia e eu vou receber os elogios na certa.

Até semana que vem com uma nova linguagem ;D

14 junho 2016

Como agir no dia ruim

Estava conversando com amigas na célula (grupo de estudo bíblico) sobre o amor ser atitude, o assunto caiu em como tratamos as pessoas e eu acabei contando algo que faço quando não estou muito bem e achei interessante contar aqui no blog também, porque os resultados são ótimos:

Quando estou mal procuro fazer alguém sorrir ou falar para outra pessoa o que eu gostaria de ouvir naquele momento.

Confesso que não é fácil nem natural fazer isto, é uma decisão.



Contei da vez que peguei ônibus e vi que a cobradora, uma senhora já mais velha, estava com um tênis de oncinha e falei para ela: “Que tênis legal!”, o sorriso iluminou o rosto dela enquanto ela contava como tinha ganhado da filha.
Vou ser sincera, quando subi no ônibus minha vontade era sumir e não fazer um elogio, mas o fato de ter ajudado alguém a sorrir me ajudou muito.

Tiveram outras várias vezes em que eu estava chorando no meu quarto sozinha em oração e busquei na minha lista de whats uma pessoa para quem eu sentisse de mandar uma mensagem com tudo que eu gostaria de ouvir naquele momento, que podia me consolar. Disse o quanto ela era especial, o quanto Deus ainda havia reservado para ela mesmo que ela não estivesse enxergando naquele momento... e em troca recebi mensagem de “nossa, era tudo o que eu precisava ouvir”, “estou chorando aqui”. Não preciso nem dizer o quanto fazer bem a outra pessoa me deixou bem melhor.


Sabe, ainda tenho um tanto a melhorar nisso, porque na maioria das vezes o que eu quero é só chorar sozinha, mas quero deixar este post como uma dica para você e uma lembrança para mim de buscar consolo em fazer o bem.


13 junho 2016

Acompanhamento: Sobre o consumo, um desafio pessoal e dieta fashion

Voltandooo depois de alguns dias parados, a vida é beeem louca, mas vamos lá:

O post de hoje é um acompanhamento do desafio que lancei dia 01 de março e tem basicamente 2 pontos: não repetir combinação de roupas durante 1 ano, e neste período eu só poderei gastar R$ 600,00 com roupas, sapatos e acessórios.

2 e 3º MÊS

No primeiro mês não tive dificuldades como já disse, mas quando esfriou as coisas ficaram um pouco limitadas porque não tenho tantos casacos assim. O que me ajudou foram os bazares da vida em que acabei comprando cachecóis de lã (paguei R$ 1 e R$ 2) que acabam dando uma diversificada nas coisas e estão presentes em quase todas as fotos deste post.

Alguns looks #PartiuTrabalho para ilustrar as coisas por aqui:


Mesmo casaco (que paguei R$ 1 do bazar), 2 looks:


Looks econômicos: a não ser o casaco do meio, os outros dois comprei em brechó por R$ 8 cada.


Gastos: Este mês só gastei no bazar onde é tudo R$ 1 comprando blusinhas básicas para colocar debaixo dos casacos e cachecol = R$ 12
Ficou de saldo disponível: R$ 418

Uma semana abençoada para você <3


LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo