05 abril 2016

Como uma criança



Vivi uma experiência tão simples, que conforme eu ia contando para as pessoas me ensinava mais, até eu contar pela última vez recentemente e falar comigo de um jeito novo que eu queria compartilhar com vocês.

Tenho um irmão de seis anos que me acompanha na igreja e fica na sala de crianças durante o culto, em um ambiente todo especial em que ele também é ministrado na linguagem adequada. Um certo domingo, na volta do culto ele estava contando de como ele aprendeu sobre Abraão, e como Deus tinha pedido algo para ele e ele ficou com medo, mas que depois ele perdeu o medo porque Deus ajudou ele.

Agora vamos a parte que eu achei mais sensacional:
Irmão: Como Deus pode tirar o medo?
Eu: Deus pode tudo, Ele fez todas as coisas não é?
Irmão: Ele me ajuda a perder a vergonha? Tenho vergonha quando chego na igreja.
Eu: Com certeza, só você pedir.
Irmão (na hora!): Deus, tira minha vergonha!
Irmão (1 segundo depois): Ainda to com vergonha mana.
Depois disso meu marido explicou como ele devia continuar pedindo e também ajudar a Deus.

Mas o que aprendi com este episódio é que não existia impossível na cabeça dele, o mesmo Deus que tirou medo de Abraão poderia muito bem tirar a vergonha dele. E esta é a mais pura verdade! Só que conforme vamos crescendo vamos colocando limites e impossíveis em um Deus ilimitado e todo poderoso. Começamos a enxergar circunstâncias em um Deus que não depende delas.

Que possamos voltar ao lugar de criança, que não se preocupada como o Pai vai nos trazer algo, só sabemos que Ele vai trazer como prometeu.

Ahh, no domingo seguinte meu irmão não soltou a frase de sempre quando chegou na igreja (to com vergonha!), não não, ele entrou direto e foi curtir com as outras crianças.

Uma semana abençoada para você!

4 comentários:

  1. Que fofo!
    Verdade, conforme vamos crescendo, as dúvidas vão tomando o lugar da confiança. Não podemos deixar isso acontecer. Bela reflexão!
    Bjo!
    http://www.cristadelicada.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindooo o seu irmão! rs
    É muito bom ser criança, e ter aquela essência. Que possamos procurar ter um coração igual ao de uma criança, puro, sincero e sem interesse, porque o Senhor muito se agrada. Amei o post!!
    Abraços amiga.

    PAPO DE GAROTA CRISTÃ
    www.sarahcristinny.com

    ResponderExcluir
  3. Que coisinha fofa! Essa ingenuidade e pureza são maravilhosos e encantadores! Me tocou também porquê temos que crer e perceber que para Deus mover uma montanha ou uma pedrinha é a e mesma coisa! Muito lindo mesmo, mande um beijo para ele :)

    dezoitoemponto.com

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo